IPTU é uma sigla muito comum para os brasileiros, mas é fundamental que se tenha uma certa noção do seu devido pagamento. Nesse caso é muito importante que se tenha uma noção básica do que será pago por você. Vamos aqui tratar um pouco das dúvidas mais comuns sobre esse imposto, e como elas podem ser resolvidas.

Primeiramente é fundamental que fique claro que em determinados anos o valor do imposto pode ficar maior. Dependerá apenas de como o mercado está se comportando frente ao valor de algo específico. Essas alterações podem mudar o valor de impostos como o IPVA e o IPTU, dependendo do caso.

Agora, sem mais demora, vamos às dúvidas mais frequentes nesse processo e como é possível resolver alguns dos problemas mais comuns com o pagamento do imposto, aqui você entenderá bastante sobre os assuntos mais complexos que envolvem o IPTU. Vamos lá!

Objetivo do IPTU

Já deve dá para imaginar qual o objetivo desse programa, afinal, não é algo muito complicado de se pensar. Durante muito tempo o imposto rural era o que ganhava mais espaço, no entanto, quando se começou a se construir mais residências em áreas urbanas surgiu o IPTU e hoje é um dos mais famosos impostos na vida do brasileiro.

2 via iptu

O objetivo já está aí. Cuidar do meio urbano é algo que não pode faltar. Isso ajudará a população que está ali, assim como o proprietário do local, que poderá ver mais obras públicas e construções com relevância no mercado.

De toda forma, vamos aqui deixar claro que um dos motivos de existirem zonas mais preparadas com serviços públicos é exatamente por existir esse pagamento de imposto em grande quantidade, facilitando também a contagem da urbanização feita naquele local.

O que é valor venal?

Na hora de pagar o imposto ou de saber mais informações sobre ele é provável que encontre o termo valor venal, não se assuste, não é nada de difícil compreensão.

O valor venal nada mais é que o valor que um produto irá receber caso esteja sendo vendido à vista, conforme as condições do mercado. Nesse caso, se tratando de imóveis, essa pesquisa pode ser feita de maneira simples, pelo próprio governo, mas não fique atento apenas a isto, o valor pode variar bastante, mas o imposto que pagará seguirá um cálculo.

Existe alguma forma de não pagar o IPTU

Estar isento do processo é algo que pode acontecer, porém, essa pessoa deve ter totais condições para tal. Em outras palavras, será necessário fazer uma vistoria sobre as condições econômicas deste indivíduo.

Em outras palavras, aquele que está isento de taxas, na verdade, necessita ter pouco dinheiro para pagamento delas. Geralmente pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade financeira no momento.

Vale lembrar que caso não esteja nesse quadro as consequências para o não pagamento pode ser severas. Vamos ver o que pode acontecer.

Não paguei o IPTU, e agora?

A melhor dica que pode ser dada é que você corra atrás da 2 via iptu imediatamente. Se pagar o valor correto poderá ficar tranquilo, mesmo que tenha tido algum atraso, mas se a dívida persistir, chegará a você problemas muito maiores que juros.

Em certos casos é possível que o imóvel seja vendido para o pagamento da dívida, apesar de somente acontecer em casa extremos, é importante que tente ao máximo estar longe dessa possibilidade. Ademais, cada pessoa está sujeita a diferentes implicações, portanto, tente sempre fazer o pagamento até mesmo antes do prazo.

Seguindo essa linha de pensamento, o pagamento de uma dívida deve acontecer o quanto antes para que não seja gerado valores absurdos, caso atrase, tente ao máximo fazer com que esse período de atraso seja compensado rapidamente.

Daí vem a importância de um bom planejamento, pois nesse momento será completamente possível trabalhar com pontos de facilidade para que não existam gastos tão altos em certos pagamentos, o valor dos juros é algo que ninguém deseja acumular.

Aqui foram mostradas várias dúvidas e como pode lidar com elas sem ter nenhum problema, esteja pronto para elas porque cada momento pode representar situações diferentes.